segunda-feira, 20 de agosto de 2018

‘Operação 60 Horas’ da Polícia Civil de Assu prende seis homens

A equipe de policiais civis da DELEGACIA DE ASSU, sob a coordenação do Delegado Cidorgeton Pinheiro, deflagrou uma operação visando cumprir MANDADOS DE PRISÕES e dezenas de DILIGÊNCIAS que têm se acumulado na delegacia, face ao pouco efetivo e a grande demanda de atendimentos e procedimentos que é imposta durante o expediente normal.

A operação teve início às 18h, do dia 17/08/2018, encerrando-se às 08h do dia de hoje, 20/08/2018, e durante sua realização foram efetuadas 06 (SEIS) PRISÕES, sendo 05 (cinco) por MANDADOS DE PRISÃO e 01 (um) FLAGRANTE, além da finalização de 20 (vinte) INQUÉRITOS POLICIAIS (relatório final, cumprimentos de diligências e etc) que, ainda hoje, seguirão para o Poder Judiciário ou para o M.P.

Foram presos, por força de MANDADOS DE PRISÃO:1º DAMIÃO CLÁUDIO DA SILVA, vulgo “DAMIÃO GAGO” (42 anos); 2º PAULO RICARDO VIEIRA BARBOSA, vulgo “PAULINHO” (31 anos); 3º LUIZ PAULO CAXIAS DA SILVA, vulgo “BOBINHO” (28 anos); 4º JOSÉ NAZARENO DE CARVALHO, , vulgo “NAZA” (49 anos); 5º ISMAEL PIO DO NASCIMENTO, vulgo “CABEÇÃO” (40 anos).

Além dos mandados de prisão, a equipe ainda conseguiu efetuar a prisão de LEANDRO PAULINO DA SILVA (28 anos), vulgo “LEANDRO DE 200”, integrante da família “DE 200”, onde 02 (dois) outros irmãos estão presos por “crimes de pistolagem” e um terceiro, também suspeito de diversos homicídios, foi morto em confronto com a polícia. “LEANDRO DE 200” foi preso pelo crime de Lesão Corporal contra sua companheira, mãe do seu filho, tendo espancado a vítima com socos e chutes, abandonando-a às margens da RN 016, no Sítio Mutamba da Caieira, zona rural de Assu. Após o crime, o suspeito foi para um prostíbulo, localizado às margens da RN 016, já na Localidade Sítio Nova Esperança, sendo localizada e preso enquanto bebia e se divertia. Além da prisão em flagrante, o suspeito é investigado pela prática outros crimes.

Ainda durante a operação, a cidade teve um dos finais de semana mais tranquilos do ano. A Polícia Civil agradece ao apoio que foi dispensado por populares durante a execução dos mandados, lembrando que os canais para denúncias, por ligação ou mensagem de whatsapp, com anonimato garantido, são pelos números (84) 9 9992-2122 e 9 8155-2956. (Jair Sampaio)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Administrador

Minha foto
Estudante do Curso - Bacharelado em Administração, apresentador do Programa Radiofônico Celebrando à Cristo da Igreja Evangélica Assembléia de Deus em Angicos, Redator da Coluna "Giro pela Cidade", Titular do Blog Angicos Noticias e blogueiro!