segunda-feira, 22 de fevereiro de 2021

Presidente da CDL-Angicos, Paulinho Loló questiona Decreto Municipal e reclama da falta de diálogo.


O Presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Angicos (CDL-Angicos), Paulo Macedo (Paulinho Loló) externou insatisfação com relação à rigidez do novo Decreto Municipal publicado pelo Poder Executivo no Diário Oficial dos municípios nesta segunda-feira. O Documento apresenta várias restrições para combater o crescimento da pandemia do Covid-19 na cidade.

Dentro da intervenção do repórter Deusdeth Maurício da Rádio Princesa 90FM, o representante da entidade fez uma série de ponderações e reivindicações a respeito das ações adotadas pela equipe do prefeito Miguel Pinheiro Neto.

Ele destacou o efeito cascata que tal postura causou não apenas a classe empresarial, mas a toda a população. Paulinho também analisou que cidades de grande porte como Natal e Mossoró não seguiram a risca a mesma linha os protocolos dos órgãos sanitários. Ele ainda chamou a atenção das autoridades municipais para a falta de diálogo antes de tomadas de decisões como estas. 

“Antes de fechar tudo Deusdeth, o Comitê de Combate a Crise no nosso município deveria fiscalizar Escolas, Igrejas, comercio. Aí sim, fiscalizando e encontrando irregularidades sanitárias, autuar e fechar. Nós somos a favor da liberdade, agora, liberdade com responsabilidade. Esta é a nossa posição”, frisou Paulinho Loló.

A matéria foi exibida hoje dentro do emissário “Caderno de Ocorrência”, programa âncora da conceituada Rádio Princesa FM de Assú. Confiram com exclusividade a entrevista disponibilizada a este espaço informativo com pelo repórter Deusdete Maurício.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Administrador

Minha foto
Estudante do Curso - Bacharelado em Administração, apresentador do Programa Radiofônico Celebrando à Cristo da Igreja Evangélica Assembléia de Deus em Angicos, Redator da Coluna "Giro pela Cidade", Titular do Blog Angicos Noticias e blogueiro!