quarta-feira, 23 de setembro de 2020

MPF: Instituição ajuíza Ação Civil Pública para anular nomeação da reitora da Ufersa



O Ministério Público Federal (MPF) ingressou com Ação Civil Pública (ACP) para anular a nomeação da atual reitora da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa), Ludmilla Carvalho Serafim de Oliveira (foto).
Ela foi nomeada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, mesmo ficando em terceiro lugar na eleição. 
A prática de não seguir a escolha da comunidade acadêmica – com critérios políticos de natureza privada – já se repetiu em outras nove universidades federais brasileiras.
O MPF pede, também, a nomeação do professor Rodrigo Codes, vencedor do pleito, registra informação da assessoria de imprensa da Procuradoria da República no RN (PR/RN), em Natal.
A ACP tramitará na Justiça Federal no RN (JFRN) sob o nº 0801245-53.4.05.8401.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Administrador

Minha foto
Estudante do Curso - Bacharelado em Administração, apresentador do Programa Radiofônico Celebrando à Cristo da Igreja Evangélica Assembléia de Deus em Angicos, Redator da Coluna "Giro pela Cidade", Titular do Blog Angicos Noticias e blogueiro!